Pular para o conteúdo principal

Em consolidação, SPED já estimula empresas a repensar o hoje e o amanhã da sistemática

A Decision IT, empresa de consultoria especializada em prover soluções em tecnologia da informação para atendimento do SPED, realizará no dia 24 de setembro (quarta-feira), das 13 às 17h20, no Hotel Deville Porto Alegre, o evento “Era do SPED: Desafios e Oportunidades”.
Realidade nas empresas, o Sistema Público de Escrituração Digital está cada vez mais maduro, exigindo expertise e ferramentas altamente específicas e sofisticadas. Neste sentido, com o advento dos novos projetos do SPED para os próximos anos (ECF, eSocial, Bloco K e NFC-e) existe uma grande demanda por conhecimento e informação atualizada sobre esses projetos.
Para debater estes e outros temas, o evento reunirá três executivos da Decision IT – Mauro Negruni (diretor de conhecimento e tecnologia e participante ativo do grupo de empresas participantes dos projetos-piloto do SPED); Juliano Stedile (especialista em documentos fiscais eletrônicos); e Luiz Carlos Gewehr (gerente de desenvolvimento de produto); além da contadora Ana Tércia, vice-presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS) e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Programação

Após a abertura do evento, prevista para as 13h30, a dirigente do CRCRS iniciará a sequência de palestras com “O papel do contador moderno”, contextualizando o papel deste profissional na era digital, apresentando reflexos do novo cenário a ser enfrentado pela contabilidade. “Cada vez mais esta ciência terá um papel estratégico nas organizações, exigindo do contador conhecimentos e habilidades multidisciplinares”, explica Ana Tércia.
Às 14h30 será a vez do diretor Mauro Negruni, quando falará sobre o “Bloco K: O controle da produção e estoque no SPED”, oportunidade na qual analisará o Bloco K do SPED Fiscal, que implicará no envio de informações do processo produtivo. “Os dados serão obtidos desde os insumos até o produto final acabado, exigindo a correta aplicação da contabilidade de custos”, argumenta.
“Era do SPED: Sua empresa está preparada?”. Nesta palestra, marcada para as 15 horas, o gerente Luiz Carlos Gewehr examinará o cenário fiscal atual e futuro, explicando o que mudou desde a era das obrigações em papel, das primeiras obrigações digitais, até o atual momento do SPED. “Com a consolidação nos seus módulos de NF-e, ECD, CT-e, EFD-ICMS/IPI e EFD-Contribuições, é utopia pensar que o projeto, já dimensionado com sua grandeza e importância, estacionará. A sua, a propósito, estruturou-se suficientemente para este novo desafio?”, pondera.
Às 16 horas, Mauro Negruni volta ao púlpito apresentando uma visão acerca da “ECF: O novo livro contábil, fiscal e societário do SPED”, em que analisará o novo cenário para 2014 trazido pela MP 627/2013 e as consequências contábeis, fiscais e societárias desse novo livro do SPED para as empresas.
Juliano Stedile sobe ao palco às 16h30 para abordar a “NFC-e: O SPED chegou ao seu PDV!”. O especialista explicará porque a Nota Fiscal de Consumo eletrônica é considerada um caminho sem volta, uma onda de vantagens muito grande para as empresas e o consumidor final. Ele esclarecerá também quais serão os benefícios, a obrigatoriedade e os prazos de adesão.
A última palestra do evento será ministrada às 16h55 por Mauro Negruni, em sua terceira intervenção no evento. Em “Ponto de situação do projeto eSocial”, o diretor da Decision IT trará um visão atual da implantação do eSocial, explicando tudo sobre prazos, leiaute, manuais e eventos críticos.
Exclusivo para clientes, prospects e parceiros da Decision IT, o evento terá entrada franca com a doação de um brinquedo, que será revertido para uma organização social da cidade. Empresas de médio e grande porte que ainda não são clientes da Decision IT e estiverem interessadas em participar do evento, devem solicitar informações por meio do contato a seguir.
Serviço
Evento: Fórum “Era do SPED: Desafios e Oportunidades”.
Data e horário: 24 de setembro de 2014 (quarta-feira), das 13 às 17h20. Local: Hotel Deville Porto Alegre, Avenida dos Estados, 1.909, Porto Alegre (RS).
Informações: (51) 3019-1001 / www.decisionit.com.br/era-do-sped ou via e-mail: evento@decisionit.com.br.
Vagas limitadas.

Fonte: MAXPRESS via Mauro Negruni.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fisco notifica empresas do Simples para buscar quase R$ 1 bi em tributos atrasados

Serão cobradas omissões de 2014 e 2015
A Secretaria da Receita Federal informou que vai notificar nesta semana, por meio da página do Simples Nacional na internet, 2.189 empresas inscritas no programa para quitarem quase R$ 1 bilhão em tributos devidos. O alerta é fruto de uma ação integrada com fiscos estaduais e municipais.
Segundo o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Martins, as empresas serão notificadas quando elas entrarem no site do Simples Nacional para gerar a guia de recolhimento do imposto devido, procedimento que elas têm de fazer todos os meses. Antes de conseguirem gerar a guia, serão informadas pelo órgão sobre as divergências.
As empresas do Simples notificadas terão até o fim de setembro para regularizarem sua situação. Se não o fizerem até lá, os fiscos federal, estaduais e municipais envolvidos na operação avaliarão o resultado do projeto e identificarão os casos indicados para "abertura de procedimentos fiscais" - nos quais são cobra…

Contabilidade Digital

Iniciamos 2017 com algumas mudanças no Lucro Real como a obrigatoriedade de apresentação de assinatura de 02 contadores na retificação (correção) de registros contábeis de anos anteriores já enviados á Receita Federal pela ECD – Escrituração contábil Digital, que nada mais é que a própria contabilidade digital (Balanço, DRE, Balancete). E ainda caso a contabilidade seja considerada imprestável pelo Fisco será tributada pelo Lucro Arbitrado onerando um adicional de 20% no cálculo do IRPJ, sendo contabilidade imprestável aquela cujos registros contábeis não retratam a realidade financeira e patrimonial da empresa.
Diante deste cenário, vimos orientá-los de obrigações legais que as empresas devem estar atentas de forma a diminuir o risco tributário e não sofrer com penalidades do Fisco. Estamos numa era digital, onde o Fisco investe em tecnologia da informação ao seu favor para aumentar a arrecadação, fiscalização e combate a sonegação, bem como falhas dos contribuintes nos controles da…

Tese de que contador não se beneficia com sonegação faz empresária ser condenada

Em casos de sonegação fiscal, quem se beneficia é o empresário, e não o contador que supostamente teria cometido um ato ilegal. Foi essa a linha seguida pelo Ministério Público em um caso que acabou com a condenação, determinada pela 25ª Vara Criminal de São Paulo, de uma sócia de distribuidora de cosméticos por sonegação de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
Segundo a denúncia, entre os meses de março e dezembro de 2003 a acusada inseriu números inexatos em documentos exigidos pela lei fiscal, causando um prejuízo ao fisco de aproximadamente R$ 1 milhão.
O juiz Carlos Alberto Corrêa de Almeida Oliveira afirmou que caberia à empresária manter em ordem livros fiscais e demais documentos que demonstrem a lisura das informações prestadas à autoridade fiscal e, diante disso, condenou-a à pena de três anos de reclusão – com início no regime aberto – e pagamento de 15 dias-multa, no valor mínimo unitário legal, substituindo a pena privativa de liberdade por duas r…