Pular para o conteúdo principal

Um dia de muita gratidão

Confirmada a abertura na 85ª turma do MBA em Contabilidade e Direito Tributário do IPOG. Iniciado em agosto de 2012, chegamos  a 24 Estados diferentes e muito mais ainda vem por aí. 

Como agradecer a todos os envolvidos neste projeto? Sinceramente fico sem palavras para definir a plenitude dos sentimentos que sinto. Gratidão, felicidade, realização, amor, carinho, reconhecimento são apenas alguns deles. 

Do pessoal do IPOG sejam do apoio, equipe de venda, os diretores ou professores. Dos amigos que muito apoiaram este sonho. 

De cada um dos alunos ( os mais lindos e melhores do mundo ) que acreditaram neste sonho. Que muito me emocionam com seus depoimentos. Que troca de energia e conhecimento vivi com vocês nestes 4 anos  !!! 

Da minha esposa, filhos e família que compreendem e tanto me apoiam. Sem vocês nada sou.

Sem deixar de reconhecer e agradecer especialmente a Deus, aos anjos, arcanjos, santos protetores, espíritos de luz e meus anjos da guarda por tudo. Sem o Sagrado, também nada sou. 

Me dirigindo também a você que mesmo não fazendo o MBA, me honrou com sua presença nas palestras, cursos e no blog.

Como tenho dito recentemente, o mundo é dos loucos, dos que acreditam nos seus sonhos, dos que descobriram que o segredo é por amor em tudo o que faz. Fazendo isso o universo conspira a seu favor e a mágica acontece. Tenha FÉ !!!

Viva seus sonhos, ame a religiosidade, case com a felicidade, divorcie da tristeza e não esqueça de dar uns "pegas" na loucura em vez de quando viu?

Agradeço mais uma vez a cada um de vocês pela oportunidade de estarmos juntos nesta jornada. Rogo a Deus que abençoe vocês por isso pois somente ele pode retribuir a altura.

Boa Sorte, Sabedoria e Prosperidade a todos.

Muito obrigado !!!

Comentários

  1. Parabéns, Prof. Edgar Madruga, pelo trabalho! Sou sua fã!
    Prof. Zenaide Carvalho

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

Postagens mais visitadas deste blog

Fisco notifica empresas do Simples para buscar quase R$ 1 bi em tributos atrasados

Serão cobradas omissões de 2014 e 2015
A Secretaria da Receita Federal informou que vai notificar nesta semana, por meio da página do Simples Nacional na internet, 2.189 empresas inscritas no programa para quitarem quase R$ 1 bilhão em tributos devidos. O alerta é fruto de uma ação integrada com fiscos estaduais e municipais.
Segundo o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Martins, as empresas serão notificadas quando elas entrarem no site do Simples Nacional para gerar a guia de recolhimento do imposto devido, procedimento que elas têm de fazer todos os meses. Antes de conseguirem gerar a guia, serão informadas pelo órgão sobre as divergências.
As empresas do Simples notificadas terão até o fim de setembro para regularizarem sua situação. Se não o fizerem até lá, os fiscos federal, estaduais e municipais envolvidos na operação avaliarão o resultado do projeto e identificarão os casos indicados para "abertura de procedimentos fiscais" - nos quais são cobra…

AS 5 PRINCIPAIS CAUSAS DE ESTOQUE NEGATIVO OU SUPERFATURADO

O controle de estoque é um gargalo para as empresas que trabalham com mercadorias. Mesmo controlando o estoque com inventários periódicos as empresas correm o risco de serem autuadas pelos FISCOS, uma vez que nem sempre o estoque contabilizado pela empresa representa o seu real estoque. Partindo dessa análise pode-se dizer que as empresas possuem pelo menos três inventários que quase sempre não se equivalem. O primeiro é o inventário realizado pela contagem física de todos os produtos do estabelecimento. O segundo inventário é fornecido pelo sistema de gestão (ERP). Por fim, tem-se o INVENTÁRIO FISCAL que é o quantitativo que o FISCO espera que a empresa possua.

E COMO O FISCO CALCULA ESSE ESTOQUE?
O cálculo é feito pela fórmula matemática onde [ESTOQUE INICIAL] + [ENTRADAS] deve ser igual [SAÍDAS] + [ESTOQUE FINAL]. Ocorrendo divergências pode-se encontrar Omissão de Entrada ou Omissão de Saída (Receita). A previsão legal para tal auditoria encontra-se no Artigo 41, da Lei Federal nº…

É possível aproveitar créditos de PIS e COFINS na aquisição do MEI?

Dentre as diversas dúvidas que surgem na apuração do PIS e da COFINS está a possibilidade de aproveitamento de créditos em relação às aquisições de Microempreendedores Individuais - MEI, uma vez que estes contribuintes são beneficiados com isenção, ficando obrigados apenas ao recolhimento de valores fixos mensais correspondentes à contribuição previdenciária, ao ISS e ao ICMS.
Neste artigo, pretendo esclarecer está dúvida e aprofundar um pouco mais a análise sobre o perfil do Microempreendedor Individual.
Quem é o Microempreendedor Individual?
Por meio da Lei Complementar n° 123/2006, que instituiu o Simples Nacional, surgiu a figura do Microempreendedor Individual – MEI, uma espécie de subdivisão do regime unificado, com o objetivo de trazer à formalidade pequenos empreendedores, para os quais, mesmo o Simples seria de difícil cumprimento.
Somente poderá ser enquadrado como MEI, o empresário a que se refere o artigo 966 do Código Civil, ou seja, aqueles que não constituíram sociedade…