13 de mai de 2016

Receita publica dados estatísticos sobre distribuição de renda das pessoas físicas em 2014

Com o objetivo de ampliar o processo de transparência na divulgação de informações, iniciado a partir da publicação da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, a Receita Federal divulga dados agregados sobre a distribuição pessoal da renda e da riqueza da população brasileira. É um importante passo dado no sentido de prover a sociedade, os demais órgãos do governo e a comunidade acadêmica de informações de extrema importância para estudos e pesquisas para o aprimoramento da tributação das pessoas físicas e orientação das políticas públicas voltadas para o desenvolvimento socioeconômico dos brasileiros.

A presente publicação é anual e tem como fonte as declarações de imposto de renda da pessoa física e contempla informações sobre a distribuição da renda por centis (agrupados por cada centésimo da população de contribuintes) sendo que a informação do último percentil está desagregada por decil.

As informações estão disponibilizadas em três tabelas:

A Tabela I compreende a distribuição por centis tendo como classificação a Renda Tributável Bruta (RTB):

– Quantidade de Contribuintes;

– RTB:

– Centil (limite superior da RTB do centil);

– Faixa (somatório da RTB do centil);

– Acumulado (somatório da RTB acumulada até o centil, inclusive);

– Média (média da RTB do centil);

– Rendimento Sujeito à Tributação Exclusiva;

– Rendimento Isento;

– Deduções:

– Previdência;

– Dependentes;

– Instrução;

– Despesas Médicas;

– Livro-Caixa;

– Imposto Devido;

– Pensão Alimentícia;

– Bens e Direitos;

– Dívidas e ônus.

A Tabela II compreende a distribuição por centis tendo como classificação o somatório da RTB mais os Rendimentos dos sócios ou titulares de Micro e Pequenas empresas mais os Rendimentos recebidos a título de lucros e dividendos (RB1):

– Quantidade de Contribuintes;

– RB1:

– Centil (limite superior da RB1 do centil);

– Faixa (somatório da RB1 do centil);

– Acumulado (somatório da RB1 acumulada até o centil, inclusive);

– Média (média da RB1 do centil);

A Tabela III compreende a distribuição por centis tendo como classificação o somatório da RTB mais os Rendimentos dos sócios ou titulares de Micro e Pequenas empresas mais os Rendimentos recebidos a título de lucros e dividendos mais os Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva (RB2):

– Quantidade de Contribuintes;

– RB2:

– Centil (limite superior da RB2 do centil);

– Faixa (somatório da RB2 do centil);

– Acumulado (somatório da RB2 acumulada até o centil, inclusive);

– Média (média da RB2 do centil);

Os arquivos, no formato editável, estão disponíveis aqui.

Fonte: Receita Federal via Mauro Negruni

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED