8 de nov de 2015

Empresas de celular estão se unindo para defender a “Lei do bem”



A Lei do Bem foi criada no Brasil para dar insenção fiscal dos PIS e Cofins em dispositivos eletrônicos. Agora com a chegada de dezembro temos o fim da mesma. Por isso a indústria de smartphones está reunindo forças para evitar que o incentivo acabe, como explica Edson Bortolli, diretor de produtos da Motorola.

Segundo ele as empresas do ramo estão conversando semanalmente com a Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) sobre o tema. Elas preparam um estudo para entregar ao Governo Federal e para o Congresso Nacional, com intuito de demonstrar a importância dos dispositivos móveis à população brasileira.

“É um benefício não só para a indústria, mas para o consumidor. Junto à Abinee, nós estamos defendendo o direito do consumidor”, disse o executivo em conversa com jornalista na manhã desta quinta-feira, 29. “As reuniões são semanais com a Abinee e estamos mostrando – no estudo – todos os benefícios ao consumidor. Para muitos, o smartphone é o primeiro acesso à Internet”.

Durante a Futurecom, o secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, informou que estava conversando com as empresas e com o Ministério da Fazenda sobre a possibilidade de tirar outros produtos da Lei do Bem, como roteadores, para dar continuidade à isenção nos smartphones, o que ajudaria a manter os preços dos mesmos mais baixos, apesar de que sabemos que uma boa parte das empresas (no ato da criação da lei do bem) optou por embolsar a diferença de preço como lucro, como a Apple no caso dos iPads.

Apesar disso, estamos na torcida que a Lei do Bem continue, apesar do esforço forte do Governo Federal para aumentar a arrecadação este ano, devido à crise econômica, esperamos que o Planalto enxergue que esta isenção ajuda a dinamizar a economia em um setor absolutamente relevante dos dias de hoje.


Fonte: Arena4Geek.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED