26 de set de 2012

Espírito Santo convoca empresas que não transmitiram a Dief


Os contribuintes do Espírito Santo estão sendo convocados para apresentar os Documentos de Informações Econômico Fiscal (Dief) entre janeiro de 2010 e julho do ano passado.

Publicado na edição de sexta-feira, 21, do Diário Oficial, o Edital de Intimação mira 4.152 empresas, as quais terão até 30 dias para acertar as pendências com a Receita Estadual.

Para ficar em conformidade com as exigências, os contribuintes devem fazer a transmissão eletrônica dos arquivos pela internet (www.sefaz.es.gov.br).

O procedimento deve ser realizado utilizando-se a versão atualizada do programa Dief, disponível no mesmo endereço. A Secretaria da Fazenda chama a atenção para a necessidade de recolhimento da multa por documento.

De acordo com Sergio Pereira Ricardo, subgerente de Análise Econômico-Fiscal da Secretaria da Fazenda, quem não fizer a transmissão das informações poderá receber uma série de sanções, como suspensão da inscrição estadual e de benefícios fiscais.

O contribuinte também poderá ficar impedido de integrar o cadastro do Simples Nacional, de participar de licitações e não conseguirá obter a Certidão Negativa de Débito ou Certidão Positiva com efeito de Negativa.

Já o contribuinte que apresentar os documentos de forma espontânea, dentro do prazo, será beneficiado com pagamento reduzido da multa para 10%, equivalente a R$ 45,18 por pendência.

O Dief deve ser apresentado mensalmente por todas as empresas inscritas no cadastro de contribuintes de ICMS da Secretaria da Fazenda, exceto durante o período em que estiverem como optantes pelo Simples Nacional.

A apresentação dos documentos deverá ser feita unicamente pela internet. A falta de apresentação no prazo estabelecido no edital sujeita as empresas à ação fiscal com multa de R$ 451,78 por documento não entregue.

Fonte: www.tiinside.com.br

Veja Também:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED