Pular para o conteúdo principal

É chegada a hora de mudar: por onde começar?

Tomar uma decisão que altera todo o rumo da carreira nem sempre é fácil, conheça meios mais eficazes de avaliar fatores que contribuirão para a mudança


A busca por novas oportunidades de crescimento e aprendizado, em um menor espaço de tempo, está se tornando algo mais frequente para profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Até então, considerados mais cautelosos, esses profissionais costumavam optar por permanecer na empresa, no anseio de progredir gradativamente na companhia. Uma pesquisa realizada pela Page Group em junho de 2014, com mais de 800 profissionais, aponta que entre executivos de alto e médio escalão, 92% consideram a possibilidade de alterar o rumo da carreira.

Entretanto, antes de recalcular a sua rota, é preciso saber exatamente onde e como quer chegar, caso contrário, o percurso pode se tornar muito mais árduo e tenebroso do que realmente se esperava. Pois bem, qual processo pode contribuir para que seu objetivo seja alcançado com sucesso? Se sua resposta foi coaching, estamos começando a “falar” a mesma língua.

O coaching é o meio mais eficiente e eficaz para atingir novos resultados transformadores em todos os aspectos da vida do indivíduo. Tratando desse exemplo de definição de novos caminhos para obter êxito profissionalmente, abaixo seguem algumas dicas que podem contribuir nesse momento de alteração de trajetória profissional:

Traçar metas claras

Defina exatamente qual é o seu objetivo e, em seguida, formule como, onde e quando quer obter êxito em seu planejamento, lembrando que para evitar frustações, não se esqueça de verificar se o prazo estipulado é alcançável.

Analise todos os prós e contras

Existem técnicas de coaching que permitem analisar indícios importantes para tomar a decisão correta no momento das mudanças, uma delas é a “Ganhos & Perdas”. De maneira superficial, podemos dizer que, por meio dessa técnica, é possível analisar os motivadores e ganhos e, em contrapartida, os sabotadores e as perdas inerentes às novas decisões. Assim, riscos e benefícios estarão claros para você desde a avaliação.

Relacione o que será necessário para colocar seu plano em prática

De uma grande construção a uma pequena reforma, é preciso materiais, ferramentas e mão de obra especializada para a realização da empreitada. Para objetivos profissionais, não poderia ser diferente. Para ser bem-sucedido, é crucial que avalie os recursos necessários para a conclusão de seus anseios.

Faça uma lista de treinamentos, especializações, viagens culturais e outros meios de aprendizados essenciais para sua evolução profissional. Mas não se esqueça de reservar investimentos para se aprofundar no processo de coaching. Afinal, o processo vem ganhando espaço no mundo corporativo e, segundo estudo do Public Personnel Management Journal, 88% dos executivos que participaram de treinamentos de coaching tiveram um aumento em sua performance. Visto como um dos profissionais mais requisitados no mercado de trabalho atualmente, o líder coach destaca-se por focar na solução e trazer retornos exponenciais para a corporação, tornando-se um disseminador de resultados nos mais diferentes segmentos.

Estabeleça as estratégias

Liste os melhores meios e busque inspiração em pessoas que já obtiveram resultados positivos. Exemplos dão motivação extra e, caso não o tenha, perceba a oportunidade de se tornar o primeiro a conseguir esse grande feito.

Plano de ação: comece agora!

Estipule seu primeiro passo, ponderando todos os itens anteriores. Não esqueça que para obter sucesso em cada meta, objetivo e sonho estabelecido, só dependerá de você. Portanto, assumir a total responsabilidade sobre os resultados obtidos, bem como o comprometimento por todas as etapas do processo, é crucial para se bem-sucedido na mudança de área profissional.

Quer saber mais como ampliar as suas realizações na vida profissional e pessoal? Clique aqui ou ligue para (11) 3775-5333.

Assista à série Minha Vida Como Coach, realizada pela Sociedade Brasileira de Coaching, e entenda como técnicas e ferramentas de coaching contribuem para que pessoas encontrem soluções extraordinárias para suas vidas.


Fonte: Administradores.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É possível aproveitar créditos de PIS e COFINS na aquisição do MEI?

Dentre as diversas dúvidas que surgem na apuração do PIS e da COFINS está a possibilidade de aproveitamento de créditos em relação às aquisições de Microempreendedores Individuais - MEI, uma vez que estes contribuintes são beneficiados com isenção, ficando obrigados apenas ao recolhimento de valores fixos mensais correspondentes à contribuição previdenciária, ao ISS e ao ICMS.
Neste artigo, pretendo esclarecer está dúvida e aprofundar um pouco mais a análise sobre o perfil do Microempreendedor Individual.
Quem é o Microempreendedor Individual?
Por meio da Lei Complementar n° 123/2006, que instituiu o Simples Nacional, surgiu a figura do Microempreendedor Individual – MEI, uma espécie de subdivisão do regime unificado, com o objetivo de trazer à formalidade pequenos empreendedores, para os quais, mesmo o Simples seria de difícil cumprimento.
Somente poderá ser enquadrado como MEI, o empresário a que se refere o artigo 966 do Código Civil, ou seja, aqueles que não constituíram sociedade…

AS 5 PRINCIPAIS CAUSAS DE ESTOQUE NEGATIVO OU SUPERFATURADO

O controle de estoque é um gargalo para as empresas que trabalham com mercadorias. Mesmo controlando o estoque com inventários periódicos as empresas correm o risco de serem autuadas pelos FISCOS, uma vez que nem sempre o estoque contabilizado pela empresa representa o seu real estoque. Partindo dessa análise pode-se dizer que as empresas possuem pelo menos três inventários que quase sempre não se equivalem. O primeiro é o inventário realizado pela contagem física de todos os produtos do estabelecimento. O segundo inventário é fornecido pelo sistema de gestão (ERP). Por fim, tem-se o INVENTÁRIO FISCAL que é o quantitativo que o FISCO espera que a empresa possua.

E COMO O FISCO CALCULA ESSE ESTOQUE?
O cálculo é feito pela fórmula matemática onde [ESTOQUE INICIAL] + [ENTRADAS] deve ser igual [SAÍDAS] + [ESTOQUE FINAL]. Ocorrendo divergências pode-se encontrar Omissão de Entrada ou Omissão de Saída (Receita). A previsão legal para tal auditoria encontra-se no Artigo 41, da Lei Federal nº…

O futuro dos escritórios de contabilidade

Ao buscar um profissional para integrar seus quadros, a Berti Contadores Associados recebeu três ex-proprietários de pequenos escritórios de contabilidade que desistiram de atuar por conta própria.
A situação reflete as dificuldades enfrentadas pelos pequenos empresários, diante da maior necessidade de conhecimento técnico e de gestão e investimentos em tecnologia, avalia o sócio da Berti e presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon), Mario Berti.
O cenário atual leva muitas empresas a buscar associações, parcerias, ou mesmo novos modelos de negócios. “Há associações para aproveitar a expertise de cada empresa e juntas atravessar essa turbulência de mercado”, afirma o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Estado de São Paulo (Sescon-SP), Márcio Shimomoto.
As parcerias existem há algum tempo, as fusões estão acontecendo e as redes aumentam o número de filiados, confirma  o vice-presidente técnico do Conselho Federal de Contabil…