12 de fev de 2014

Veja como deduzir do IR os gastos com empregado doméstico

O contribuinte que faz declaração pelo modelo completo e tem empregado doméstico com registro em carteira, poderá deduzir até R$ 1.078,08 do imposto devido na declaração deste ano.O conselheiro do CFC Osvaldo Cruz explica que, apesar de limitada a apenas um empregado por declaração, a dedução é vantajosa porque é feita diretamente do imposto de renda a recolher. “Ou seja, se o valor a recolher for de R$ de 1.200,00, por exemplo, a pessoa só pagará R$ 121,92. A vantagem se verifica porque outras deduções como dependentes, despesas com educação e com saúde são abatidas do rendimento bruto”, explica.

O valor da dedução corresponde à contribuição de 12% paga pelo empregador ao INSS, mês a mês, devendo ser acrescida das parcelas referentes ao 13º salário e ao adicional de um terço sobre as férias, totalizando 14 parcelas mensais. É preciso ficar atento para o caso de não haver pagamento de férias em 2013, pois o valor a deduzir será menor.

Exceções

Veja as situações em que o valor é menor:

  • Se o empregado não tirou férias em 2013, a dedução será de R$ 1.050,96 (R$ 1.078,08 – R$ 27,12)
  • Se tirou férias em dezembro de 2012, a dedução será de R$ 1.075,84 (neste caso, o terço é de R$ 24,88, pois é calculado sobre R$ 74,64)
  • e lembre-se: não importa o número de empregados domésticos que o empregador tenha por ano, o benefício fica limitado a R$ 1.078,08. Quando existe a contratação de mais de um, é necessário informar na declaração os dados de todos os empregados.



Tabela para o cálculo de dedução



Nº CONTPERÍODOSALARIO%VR MENSAL TOTAL
01DEZ/2012622,001274,6474,64
11JAN/NOV/2013678,001281,36894,96
0113º SAL678,001281,3681,36
011/3 FERIAS226,001227,1227,12
14XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX1.078,08


Obs: nas contribuições de janeiro a novembro de 2013, deve-se, obrigatoriamente, conter a referente ao mês de férias.  Serão 13 recolhimentos, 11 contribuições normais, uma sobre o 13º salário e outra sobre as férias, esta última com mais um terço, referente ao abono.

Valor para 2015

Com a divulgação do valor do salário mínimo nacional para este ano, em R$ 724, já é possível calcular o valor máximo que o empregador doméstico poderá deduzir na Declaração de Ajuste Anual a ser entregue em 2015 – R$ 1.152,88. Esse total corresponde a uma contribuição sobre R$ 678 (salário de dezembro de 2013, igual a R$ 81,36), mais 12 contribuições sobre R$ 724 (janeiro a novembro de 2014 de salários normais, mais o 13º salário – 12 x R$ 86,88-, no total de R$ 1.042,56) e mais R$ 28,96 de um terço de férias (R$ 86,88/3).

Fonte: Conselho Federal de Contabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED