21 de fev de 2014

Você tem e-CPF? Então não precisa esperar por declarações de rendimentos das fontes pagadoras para fazer seu IR

Mais de 18 milhões de contribuintes podem ter menos trabalho ao preencher a Declaração de Imposto de Renda deste ano. 

A Receita Federal confirmou que todos os contribuintes que optarem pelo modelo simplificado e utilizarem certificado digital na entrega da declaração deste ano receberão o documento pré-preenchido, apenas para a realização de ajustes.

Com o e-CPF o cidadão consegue agilizar desde o preenchimento até o acompanhamento do processamento da declaração.

Segundo dados da Receita, atualmente cerca de um milhão de pessoas já adotam o modelo simplificado e utilizam o e-CPF na entrega da declaração.

Esse público, portanto, poderá se beneficiar automaticamente das novas vantagens.

Já adotado em outros países, o modelo de declaração pré-preenchida facilita o processo para o contribuinte, ao evitar que ele precise aguardar por declarações de rendimentos das empresas para as quais trabalha para preencher o documento – os dados são fornecidos pela própria Receita, a partir das informações a ela enviadas pelas fontes pagadoras. Assim, o contribuinte precisa apenas realizar eventuais ajustes ou a adição de informações na declaração. O modelo também evita possíveis erros de digitação ou preenchimento, reduzindo as chances de que a declaração seja retida por contradições ou inconsistências nos dados.

Outra grande vantagem do uso do e-CPF é que ele permite monitorar todo o processo da declaração pela página do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) e corrigir eventuais inconsistências imediatamente. Também é possível utiliza-lo para visualizar informações sobre declarações anteriores, verificando possíveis pendências, parcelando débitos ou retificando pagamentos.

Tecnologia que permite a identificação de pessoas físicas e jurídicas no ambiente digital, o Certificado Digital é uma assinatura eletrônica que identifica o usuário, de modo semelhante ao reconhecimento de firma, possuindo validade jurídica. Além disso, a tecnologia assegura o sigilo e a autenticidade das informações, garantindo confiabilidade, privacidade e a integridade dos dados.

Certificação Digital

A certificação digital é uma tecnologia que permite a identificação de pessoas físicas e jurídicas no ambiente eletrônico, regulamentada no país pela Infraestrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), vinculada à Casa Civil da Presidência da República. De modo semelhante ao reconhecimento de firma, mas no meio digital, o Certificado Digital possui validade jurídica e confere aos documentos eletrônicos autenticidade, integridade, sigilo e atributo de não repúdio.

Artigo baseado no Release da Serasa Experian

Dica: A Serasa Experian oferece desconto para aquisição do e-CPF até 31 de março. 
Para mais informações, acesse: http://serasa.certificadodigital.com.br

Fonte: Certificação Digital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED