7 de ago de 2015

Alerta: Escrituração Contábil Fiscal é alterada pela Receita Federal (cuidado com as multas)

Atenção Contabilistas: no final do mês de junho a Secretaria da Receita Federal do Brasil alterou a Escrituração Contábil Fiscal (ECF). A mudança formalizou a dispensa das empresas da escrituração do Livro de Apuração do Lucro Real (Lalur) em meio físico, em relação aos fatos ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2014.

A alteração ocorreu através da Instrução Normativa nº 1.574, de 24 de julho de 2015, que foi publicada no Diário Oficial da União no dia seguinte à sua constituição.

Com isso, a Instrução Normativa RFB nº 1.422, de 19 de dezembro de 2013 sofreu alterações. Agora, o Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur) está incluso nas informações que deverão ser repassadas pelo sujeito passivo na ECF, em relação às operações que influenciem a composição da base de cálculo e o valor  devido do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). O mesmo ocorre com o Livro Eletrônico de Apuração da Base de Cálculo da CSLL (eLacs).

Cuidado com as multas!

Vale lembrar que quem precisa entregar a ECF tem até o dia 30 de setembro para fazê-lo. A não apresentação pelos contribuintes que apuram o Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica pela sistemática do Lucro Real, ou a sua apresentação com incorreções ou omissões, acarretará na aplicação de multas equivalentes a 0,25% por mês-calendário ou fração, do lucro líquido antes do Imposto de Renda da pessoa jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, no período a que se refere a apuração, limitada a 10% relativamente às pessoas jurídicas que deixarem de apresentar ou apresentarem em atraso o livro; e 3%, não inferior a R$ 100,00, do valor omitido, inexato ou incorreto.

Caso a multa seja aplicada quando não houver lucro líquido, antes do Imposto de Renda e da Contribuição Social, no período de apuração a que se refere a escrituração, deverá ser utilizado o último lucro líquido, antes do Imposto de Renda e da Contribuição Social informado, atualizado pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia – Selic, até o termo final de encerramento do período a que se refere a escrituração.

Fonte: SINDCONT-SP via Jornal Contábil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED