4 de out de 2015

A arte de se preencher uma declaração de Imposto de Renda Pessoa Física

Para alguns é simples, para outros, muito complicado. Fato é que para preencher a declaração de Imposto de Renda, muitas são as dicas que podem ser apresentadas. Tatiane Barros, que é editora do site www.impostoderenda.org, dá algumas dicas sobre alguns dos itens mais importantes do preenchimento. 

Muita organização

“Quando se declara o imposto pela primeira vez, o melhor conselho é se organizar. Há de se criar o hábito de deixar separados todos os documentos necessários. Durante o ano, tenha a prática de já verificar como será a declaração e os documentos que você precisará ter em mãos”.

Seus rendimentos 

“Os documentos que vão comprovar os seus rendimentos devem estar sempre muito corretos. A Receita Federal vai observar as informações prestadas das fontes pagadores com aquelas que são declaradas pelos contribuintes. Antes de entregar a sua declaração, faça uma revisão de maneira cuidadosa. A omissão de rendimentos, ou erros de digitação, faz com que muitos contribuintes entrem na malha fina”.

Os bens e direitos

“Os contribuintes devem fornecer dados de rendimentos oriundos de bancos, além de imóveis e automóveis, por exemplo. Todas as suas contas em bancos deverão ser declaradas, mesmo que duas ou mais sejam em um mesmo banco”.

As deduções

“Se você contar com despesas que venham de saúde, pensão alimentícia ou de educação, elas vão ser dedutíveis no imposto de renda. Porém, guarde bem os recibos e notas que possam comprovar isso, caso seja preciso apresentar na Malha Fina”.

O modelo da sua declaração 

“Há o modelo simplificado, no qual o contribuinte tem um desconto de 20% frente a renda tributável que fica limitado ao valor de pouco mais de R$ 15 mil. A outra opção é a declaração completa, onde o contribuinte vai utilizar todos os gastos para a definição da restituição. O aconselhável é que se preencha a declaração com as deduções legais e, após isso, verifique em qual modelo há maior vantagem”.

A revisão

“Depois do processo de preenchimento da declaração, faça uma boa revisão de tudo. Qualquer informação ou pontuação errada, pode ocasionar em uma grande dor de cabeça para o contribuinte”.
Website: http://www.impostoderenda.org/

Fonte: R7 notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED