15 de mar de 2014

Analista Fiscal é uma das profissões que estarão em alta em 2014

SÃO PAULO - Ao longo de 2014, a condução de novos projetos aliada à falta de profissionais qualificados em determinadas carreiras devem acirrar a disputa por talentos no mercado de trabalho. A previsão da empresa de recrutamento Page Personnel é que sete cargos deverão ser os mais demandados neste ano - com salários que variam de R$ 3 mil a 8 mil. Confira abaixo quais são eles:
1. Analista fiscal
Área:Finanças
Salários médios: R$ 3,3 mil (júnior), R$ 4,6 mil (pleno) e R$ 7,2 mil (sênior).Segundo a Page Personnel, há escassez de profissionais com idiomas e bem preparados tecnicamente. Com isso, os salários do cargo foram inflacionados entre 10% e 20%, além de promoções precoces.
2. Analista de Logística
Área:Logística
Salários médios: R$ 4 mil (júnior), R$5,2 mil (pleno) e R$ 7 mil (sênior).Além de faltar mão de obra no mercado, exige-se do profissional ter forte habilidade analítica e conhecimento da cadeia e processos logísticos. A área já registrou um aumento de 20% na demanda.
3. Desenvolvedor/ Programador
Área:Tecnologia da Informação
Salários médios: R$ 3 mil (júnior), R$5 mil (pleno) e R$ 7,5 (sênior).Desenvolvedores de linguagens Open Source (como Java e PHP) estão sendo bastante requisitados para a base da operação tecnológica. Também há boa perspectiva para os desenvolvedores de linguagens non Open Source (.NET, ABAP e PL/SQL), as linguagens de programação licenciadas.
4. Executivo de Vendas Hunter
Área: Vendas
Salários médios: R$ 4 mil (júnior), R$ 6 mil (pleno) e R$ 8 mil (sênior).As empresas de TI buscam profissionais com networking e carteira de clientes no segmento para acelerar as vendas e com bom perfil comportamental – alta energia, resiliência, boa apresentação e comunicação.
5. Engenheiro de Segurança do Trabalho
Área:Engenharia
Salário médio: R$ 7,2 milDe acordo com o levantamento, um dos principais motivos da alta demanda por profissionais da área de segurança está ligado ao aumento de exigências feitas pelas multinacionais. O aumento da demanda por esse profissional chega a 30%.
6. Analista de Marketing on-line
Área:Marketing
Salários médios: R$ 4,5 mil a R$ 6 milAcompanhando a ascensão da internet no País, a demanda por profissionais na área de Marketing on-line cresceu 25%. “As empresas usam redes sociais, sites, e-commerce, blogs como canais de comunicação estratégicos. Esses profissionais deixam de fazer parte de uma área de suporte e operacional para fazer uma análise de indicadores e, mais que isso, conseguem direcionar o planejamento estratégico de marketing da empresa/cliente.”
7. Business Partner
Área:Recursos Humanos
Salário médio: R$ 7 milComo parte cada vez mais fundamental em uma organização, o business partner tem sido cada vez mais procurado no mercado de trabalho. O papel do BP é ser um especialista na área que atende, com foco em linhas de negócios específicas dentro da empresa para entender as necessidades e intermediar demandas.


Fonte: InfoMoney via José Adriano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED