11 de jan de 2016

Moro autoriza ida de Bumlai a hospital

Os advogados fizeram o pedido nesta manhã, relatando que Bumlai "apresenta quadro de sangramento na urina"

O PECUARISTA JOSÉ CARLOS BUMLAI DEPÕE NA CPI DO BNDES EM BRASÍLIA, APÓS SER PRESO EM OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL (FOTO: VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL)


O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas ações penais da Operação Lava Jato em primeira instância, autorizou nesta segunda-feira (11/01) a ida do empresário e pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Lula, ao hospital. Os advogados fizeram o pedido nesta manhã, relatando que Bumlai "apresenta quadro de sangramento na urina". Bumlai está preso preventivamente desde 24 de novembro do ano passado, quando foi deflagrada a Operação Passe Livre.

O amigo de Lula é o pivô do polêmico empréstimo de R$ 12 milhões concedido a ele pelo Banco Schahin, cujo destinatário final foi o PT, segundo confessou o pecuarista. Ele é acusado por corrupção e gestão fraudulenta. "Dias antes de sua prisão em 24 de novembro, o peticionário apresentou um episódio de sangramento na urina, pelo qual deveria ter sido internado, e só não foi porque se recusou a cumprir a recomendação médica para se apresentar perante à sessão da CPI do BNDES marcada para aquela data", afirmou a defesa do pecuarista.

Moro autorizou o deslocamento de Bumlai, mediante escolta, da carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, onde o empresário está custodiado, até o Hospital Santa Cruz, na capital paranaense. "O deslocamento e exames deverão ser realizados na data de hoje ou de amanhã a depender das necessidades da Polícia Federal de organizar escolta. Após o procedimento, deverá o custodiado retornar imediatamente à carceragem da PF", determinou Moro."

Caso seja necessário internamento, o Juízo deverá ser provocado. Se houver necessidade de internamento por urgência, fica desde logo autorizado mediante escolta."Segundo a defesa do empresário, ele precisa "realizar exame de urina e tomografia computadorizada com trato urológico". Subscrevem o pedido os criminalistas Arnaldo Malheiros Filho, Conrado Gidrão de Almeida Prado e Edward Rocha de Carvalho."

Desde o final do ano passado, os médicos têm reiterado ao requerente a necessidade de realização de exames para a investigação do ocorrido. Ocorre que na noite anterior o episódio se repetiu e os patronos do defendente foram procurados por seus médicos que informaram a extrema necessidade de realização de exames para investigar o que estaria ocasionando tais sangramentos, bem como sua gravidade", afirmaram os advogados de Bumlai.

Na petição, a defesa informou a Moro sobre a necessidade de o pecuarista fazer "fisioterapia motora em face de também ser portador de osteoartrose".Moro decidiu. "Quanto às sessões de fisioterapia para tratamento da osteartrose, deve a defesa formalizar o requerimento diretamente à autoridade policial a fim de verificar da viabilidade de realização delas no estabelecimento carcerário, trazendo somente após a questão a este Juízo."

Fonte: Época Negócios

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhando idéias e experiências sobre o cenário tributário brasileiro, com ênfase em Gestão Tributária; Tecnologia Fiscal; Contabilidade Digital; SPED e Gestão do Risco Fiscal. Autores: Edgar Madruga e Fabio Rodrigues.

MBA EM CONTABILIDADE E DIREITO TRIBUTÁRIO DO IPOG

Turmas presenciais em andamento em todo o Brasil: AC – Rio Branco | AL – Maceió | AM – Manaus | AP - Macapá | BA- Salvador | DF – Brasília | ES – Vitória | CE – Fortaleza | GO – Goiânia | MA - Imperatriz / São Luís | MG – Belo Horizonte / Uberlândia | MS - Campo Grande | MT – Cuiabá | PA - Belém / Marabá / Parauapebas / Santarem | PB - João Pessoa | PE – Recife | PI – Teresina | PR – Curitiba/ Foz do Iguaçu/Londrina | RJ - Rio de Janeiro | RN – Natal | RO - Porto Velho | RR - Boa Vista | RS - Porto Alegre | SC – Florianópolis/Joinville | SP - Piracicaba/Ribeirão Preto | TO – Palmas

Fórum SPED

Fórum SPED